Avaliação de Riscos

Estratégia de prevenção de quedas

Diretrizes:

  • Quedas podem causar leões aos pacientes, aumento de custos e, possivelmente, reivindicações de negligência clínica.
  • Programas de prevenção de quedas podem incluir, a formação de pessoal, avaliações de risco, treinamentos, alongamento e treinamento de equilíbrio, cuidados com a visão, medicações, cuidados com a estrutura física, avaliações comportamentais e alarmes ao sair da cama.
  • Conduzir discussões nos pós queda também pode ser útil para identificar as lacunas de segurança e para evitar recorrência.
  • A Organização Mundial de Saúde identificou a prevenção de quedas, como um problema importante de saúde global.

 

Avaliação de riscos a segurança no domicílio

  • O ambiente de saúde domiciliar difere de muitas formas dos serviços de saúde prestados em instituições, devido as características peculiares da casa de cada paciente, a presença intermitente de profissionais de saúde e ao papel ampliado desempenhado por familiares e cuidadores na prestação dos serviços de saúde.
  • Os serviços de atenção domiciliar podem ter pouco controle direto sobre os riscos existentes no ambiente doméstico do paciente.

 

Prevenção de úlceras de pressão

Diretrizes:

  • Lesões por pressão tem um impacto significativo na qualidade de vida do paciente, resultado em dor, recuperação prejudicada e aumento do risco de infecção. Lesões por pressão também tem sido associadas com maior tempo de permanência, mortalidade e custos.
  • Estratégias de prevenção de ulcera de pressão necessitam de uma abordagem interdisciplinar.
  • Como parte da estratégia de prevenção de lesão por pressão, a Accreditation Canada International encoraja o uso de uma escala de avaliação de risco. O Hospital Santa Marta utilizada a escala de Braden para avaliar o risco de lesão por pressão

 

Prevenção de suicídio

Diretrizes:

  • O suicídio é uma preocupação de saúde global. A avaliação do risco pode ajudar a prevenir o suicídio através do reconhecimento precoce dos sinais da ideação suicida e da adoção de intervenções apropriadas.
  • No Hospital Santa Marta, a equipe identifica pacientes em risco de suicídio, avalia cada um em intervalos regulares e identifica estratégias de tratamento e monitoração para assegurar a segurança do paciente.
  • Além disso, documenta a implantação de estratégias e monitoramento no prontuário do paciente.

 

Profilaxia de tromboembolismo venoso (TEV)

Diretrizes:

  • Tromboembolismo venoso (TEV) é o termo gral para trombose venosa profunda (TVP) e embolia pulmonar.
  • Tromboembolismo é a formação de um trombo ou êmbolo (coágulo) que se desloca dentro do vaso, dificultando a circulação sanguínea.
  • TEV é uma complicação grave e comum para pacientes hospitalizados ou passando por cirurgia. A evidencia mostra que a incidência de TEV pode ser reduzida ou impedida pela identificação de pacientes em risco e fornecendo tromboprofilaxia adequadas.
  • O desenvolvimento de TEV é associado com aumento de mortalidade de pacientes e é a causa mais comum e evitável de morte em hospitais. Além disso, custos hospitalares e o tempo médio de permanência são grandemente aumentados para pacientes que desenvolvem TEV.

© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados ao Hospital Santa Marta/DF | RT. Dr. Roberto Abreu - CRM/DF - 6460
CNPJ: 00.610.980.0001-44